Mercedes pediu para Hamilton "abrir distância" temendo penalidade na Alemanha

Postado em: 25/07/2018 08:13:11

Mercedes - Lewis Hamilton

Lewis Hamilton foi avisado pelo rádio da equipe para acelerar e aumentar a distância na pista, uma vez que a Mercedes temeu ser penalizada por abortar o pit-stop do britânico, no GP da Alemanha.

No que ele chamou de "segundo e meio mais confuso", Hamilton foi dito para "entrar nos boxes" atrás do safety car. No mesmo instante, Peter Bonnington disse: "fique de fora, fique fora, dentro, dentro". Assim, o tetracampeão abortou a parada e se manteve na pista. Uma ação arriscada e que poderia render uma penalidade.

A Mercedes temeu que o piloto pudesse perder a vitória, através de uma punição. Por isso, a equipe passou as voltas finais do GP pedindo a Hamilton para "continuar a aumentando a lacuna (de distância)" para Valtteri Bottas, o segundo colocado.

Hamilton recebeu a bandeira quadriculada 4,4s à frente de seu colega de equipe, e pode evitar uma penalidade, escapando apenas com uma reprimenda por sua atitude na pista. Toto Wolff, chefe da Mercedes, admitiu que a equipe temia que uma penalidade fosse colocada aos tempos de Hamilton, ao final da corrida.

"Nós estávamos cobrindo todas as bases", revelou Wolff à 'Motorsport'.

"Você conhece essas coisas. (Há) muito espaço para interpretação.

"Nós só queríamos desaparecer à uma distância o máximo que pudéssemos", disse o chefe da Mercedes.

 

Por: F1mania

Recomendado para Você

Somos um portal On-line focado na compra e venda de automóveis com acesso simples, prático e rápido. O Auto Sergipe também oferece um funcionamento adequado nas plataformas mobile, facilitando o acesso dos usuários e anunciantes.

ASSINE NOSSO BOLETIM INFORMATIVO

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades do nosso site!

Carregando