GP da Hungria: De ponta a ponta, Hamilton vence em Budapeste; Ferrari completou o pódio

Postado em: 30/07/2018 06:56:48

Imagem relacionada

Largando na pole position, Lewis Hamilton venceu de forma incontestável o GP da Hungria de Fórmula 1, depois de uma excelente apresentação de seu companheiro de equipe Mercedes, Valtteri Bottas, segurando as Ferraris em defesa à Hamilton, que culminou em erros do finlandês nas voltas finais, caindo para quinta posição depois de ser o segundo colocado por quase toda a corrida.

Bottas era o segundo colocado e segurava as Ferraris de Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen, que em estratégia diferente, poderiam atacar o inglês da Mercedes. Efetivo durante quase toda a corrida, Bottas não resistiu aos ataques do alemão da Ferrari e na volta 68, em uma ataque por fora de Vettel, Bottas acabou acertando o carro de Vettel, danificando a asa dianteira de sua W09. Raikkonen aproveitou e também passou.

Com a asa dianteira quebrada, o finlandês passou a ser atacado por Daniel Ricciardo, que vinha em uma corrida impressionante de recuperação depois de largar na P12.

Ricciardo pressionou e tentou por fora, mas Bottas exagerou na freada e acertou em cheio o carro do australiano, que acabou conseguindo passa o finlandês para terminar na quarta posição. O incidente será investigado após a corrida.

Outro destaque da corrida em Budapeste foi Pierre Gasly, sexto colocado. Em um desempenho consistente, o francês terminou como o melhor do pelotão intermediário, já que Max Verstappen (Red Bull) abandonou a corrida nas voltas iniciais, com problemas em seu motor Renault. O bom desempenho da Toro Rosso-Honda como a "melhor do resto" é encorajador para a equipe sênior Red Bull, que assumirá os motores Honda na próxima temporada, em meios aos problemas de confiabilidade contínuos da Renault.

A Haas, que foi o melhor do pelotão intermediário durante praticamente todo o final de semana, pontuou com sua dupla de pilotos. Kevin Magnussen superou Romain Grosjean na disputa interna da equipe americana. "Mag" foi o sétimo colocado, enquanto Grosjean fechou o top 10.

Fernando Alonso foi o oitavo colocado à frente de Carlos Sainz (Renault), em um dia relativamente bom para a McLaren que pontuava também com Stoffel Vandoorne, antes do belga abandonar a corrida com problemas em sua MCL33.

A Sauber não manteve o bom desempenho das etapas anteriores e terminou fora da zona de pontuação. Marcus Ericsson foi o 15°, com a sensação da primeira metade da temporada 2018 da F1, Charles Leclerc, abandonando a corrida logo após a largada.

A Fórmula 1 agora para para um intervalo, as tradicionais férias de verão europeu, retornando às atividades no final de agosto com o Grande Prêmio da Bélgica de F1, no lendário circuito de Spa-Francorchamps.

 

Por: F1mania

Recomendado para Você

Somos um portal On-line focado na compra e venda de automóveis com acesso simples, prático e rápido. O Auto Sergipe também oferece um funcionamento adequado nas plataformas mobile, facilitando o acesso dos usuários e anunciantes.

ASSINE NOSSO BOLETIM INFORMATIVO

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades do nosso site!

Carregando